11

PMCE captura grupo e apreende armas, munições e drogas em Cedro

Por Alex Santana em 06/07/2020 às 19:42:36

Um trabalho rápido realizado por policiais militares lotados na 1ª Companhia do 4° Batalhão Especializado de Policiamento do Interior (Bepi) e do Policiamento Ostensivo Geral (POG) da Polícia Militar do Ceará (PMCE) resultou na captura de sete pessoas e nas apreensões de armas de fogo e drogas. O fato aconteceu na manhã desse sábado (04), em Cedro, município pertencente à Área Integrada de Segurança 21 (AIS 21) do Ceará.

A equipe estava em patrulhamento ostensivo pelo bairro de Fátima, quando foram informados sobre indivíduos que estavam sendo procurados pela Polícia e que estavam em posse de armas e drogas em uma residência localizada na Rua Coronel João Cândido. Ao avistarem a composição, os suspeitos tentaram fugir pelos fundos da casa, mas foram capturados após cerco policial.

Os detidos foram identificados como Rogaciano de Souza da Silva (19), com passagens por tráfico de drogas, organização criminosa, posse ilegal de arma de fogo, roubo e receptação; Ricardo Breno Moreira dos Santos (19), com passagens por lesão corporal dolosa no ambiente doméstico e familiar, Cicera de Souza Sobral (27) e Maria de Fátima Florenço da Silva (24). De acordo com os PMs, mais três adolescentes foram encontrados na casa.

Após buscas no imóvel, um revólver calibre 38, uma escopeta cal. 12, uma espingarda cal. 36, 12 munições intactas, uma munição deflagrada, 60 trouxinhas de maconha, 20 trouxinhas de cocaína, uma balança de precisão e aparelhos celulares foram apreendidos. Diante disso, todos foram conduzidos para a Delegacia Regional de Iguatu.

Na delegacia, após os procedimentos sobre o fato serem realizados, Rogaciano e Ricardo foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, posse ilegal de arma de fogo e corrupção de menores. Já Cícera e Maria de Fátima, foram autuadas por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo. Para os adolescentes, um ato infracional análogo aos crimes de tráfico de drogas foi lavrado contra eles. Agora, todos estão à disposição da Justiça.

2222

Comentários

33